Apresentação

O TECSA Laboratórios completou 20 anos de tecnologia e inovação, totalmente dedicados ao Médico Veterinário.
 
Reavaliando este trajeto, desde que recebeu a Primeira Certificação ISO 9000 da América latina em 1999, percebemos que o Grupo TECSA muito se expandiu e consolidou nestes 20 anos. Possui hoje uma Divisão de Produtos Diagnósticos - VetCheck - que trazem o melhor dos kits fabricados na União Europeia e respaldados pela mesma, com o padrão de qualidade que a Europa exige. Optamos por trabalhar apenas com kits europeus com respaldo e aceitação das diversas associações de clínicos veterinários da Europa. Por isto, somos parceiros exclusivos de diversas empresas líder: Heska - líder mundial em testes alérgicos e imunoterapia; Alvedia - líder mundial em tipagem sanguínea veterinária; e Uranovet - destaque em kits diagnósticos de imunocromatografia na Europa.
 
Inovação, acessibilidade e segurança são marcas registradas do TECSA Laboratórios. Por isso em 2012 decidimos criar nossa própria empresa de logística de materiais biológicos – LogLife –, que já nasceu atendendo às mais rigorosas normas de transporte de biológicos do país e totalmente customizada para transportar amostras provenientes de clínicas e hospitais veterinários.
 
E agora, para comemorar os 20 anos, preparamos um lançamento especial: a revista VetScience® Magazine, como parte do reconhecido Projeto TECSA de Educação Continuada – Jornada do Conhecimento. Esta revista é mais um importante veículo, neutro e independente, para sua atualização científica, sendo uma fonte segura de conhecimento prático, aplicável e de fácil absorção.
 
Neste primeiro número ressaltamos o TECSA Molecular Service. Uma Divisão de Biologia Molecular do Grupo TECSA, com a inovadora metodologia do Real Time! Primeiro laboratório veterinário do Brasil a implantar a técnica Real Time na rotina de exames de PCR, que disponibiliza resultados tanto qualitativos, quanto quantitativos. Os diferenciais do PCR Real Time frente ao PCR convencional são: ROBUSTEZ (pois detecta mesmo em amostras de menor qualidade) e SENSIBILIDADE (detecta mesmo que a concentração parasitária seja pequena) e SEGURANÇA (pois trata-se de sistema fechado e não sujeito a contaminações).
 
Esperamos que vocês nos ajudem a escrever esta publicação, contribuindo com artigos e estudos que sempre serão bem vindos. Nosso objetivo maior é ver o médico veterinário do Brasil reconhecido e valorizado, sempre.
 

 

Dr. Afonso Alvarez Perez Jr.
Médico Epidemiologista
Diretor de Negócios

 

Dr. Luiz Eduardo Ristow
Médico Veterinário
Mestre Med. Veterinária Preventiva
Diretor Técnico